2ª novena refletiu sobre amor, paciência e misericórdia

Por Iago Cavalcanti

O Pe. André Martins Melo celebrou a segunda noite do novenário de Sant’Ana, que teve como subtema “amor, paciência e misericórdia, palavras que descrevem a natureza de Deus”, extraído da Bula Misericordiae Vultos. Pastoral Familiar, Segue-me, Encontros de Casais com Cristo e a Equipe de Nossa Senhora foram os grupos intencionados da noite, também dedicada ao Parque Floresta.

Senhora Ângela Silva pede graças à Sant'Ana. CRÉDITO: Iago Cavalcanti
Senhora Ângela Silva pede graças à Sant’Ana.
CRÉDITO: Iago Cavalcanti

A senhora Ângela Maria dos Santos Silva, mãe de duas filhas, relata que vem todos os anos e pretende se espelhar em Sant’Ana para educar os futuros netos. “Sou mãe de duas filhas e quero educar meus netos como Sant’Ana educou Jesus. Ela representa tudo para mim, é minha mãe, minha avó, ela é maravilhosa e hoje eu fiz muitos pedidos que serão realizados”, afirma a devota da comunidade do Alvorada.

O casal formado por Iran Pereira e Edna Pereira integra a Equipe de Nossa Senhora na comunidade do Nova República, eles falam que participar das novenas de Sant’Ana são momentos de reencontro com Deus e os amigos. “As novenas são maravilhosas, oramos juntos e isso traz muita felicidade para todos nós”, destaca Edna.

Iran Pereira e Edna Pereira com a imagem de Sant'Ana. CRÉDITO: Iago Cavalcanti
Iran Pereira e Edna Pereira com Sant’Ana.
CRÉDITO: Iago Cavalcanti

Casados há 32 anos, Iran e Edna indicam que possuem cinco netos. Segundo eles, serem avós é uma experiência que trás felicidade. “É muito feliz, uma grande alegria na vida. Filho é bom, os netos então, são tudo em nossas vidas”, admite o patriarca da família Pereira.

Hoje (24) a terceira novena de Sant’Ana acontece na liturgia da missa dominical, celebrada às 19h30 na Igreja Matriz de Sant’Ana do Soledade II. Antes da novena, às 19h, haverá apresentação do Coral da UnP. O novenário segue até próximo sábado, 30 de julho.

Casais receberam Matrimônio na 24ª Festa de Sant’Ana

Foto: Maria Carvalho

Por Iago Cavalcanti

Na noite de ontem (23) seis casais receberam o Sacramento do Matrimônio durante os festejos da 24ª Festa de Sant’Ana. Os nubentes já eram casados no civil e fizeram o curso de noivos com a Pastoral Familiar para que pudessem selar a união e firmar a aliança com Cristo. A cerimônia foi celebrada pelo Padre André Melo e o Diácono Teixeira.

No curso de noivos os casais aprenderam sobre a importância da união e refletiram sobre a aliança que firmaram com Deus. Para Edson Carvalho,  o sentimento de ver os casais recebendo o Sacramento do Matrimônio é gratificante. “Sinto sensação de dever cumprido, o casamento é uma das missões mais sublimes da Pastoral Familiar”, conta o coordenador do grupo.

Kezyanne dos Santos e Vinícius dos Santos após casamento na Matriz de Sant'Ana. CRÉDITO: Iago Cavalcanti.
Kezyanne dos Santos e Vinícius dos Santos após casamento na Matriz de Sant’Ana.
CRÉDITO: Iago Cavalcanti.

Vinícius dos Santos e Kezyanne dos Santos formam um dos casais que se casaram neste sábado. Eles contam que se conheceram há oito anos e sempre tiveram o desejo de casar na Igreja. “A sensação é muito boa, fazia tempo que estávamos planejando se casar e aproveitamos o casamento comunitário para receber o Matrimônio aqui na Festa de Santana”, relatou a noiva. “A gente já vinha se preparando [com a Pastoral Familiar] para se casar e voltar a caminhar dentro da Igreja. Meu sentimento hoje é maior do que o do primeiro beijo”, completou seu esposo.

Após o casamento os casais serão acompanhados pela pastoral em dez visitas domiciliares, onde os agentes dão assistência espiritual e fazem reflexões sobre a Palavra de Deus para estimular os recém-casados a se engajarem nas atividades da Igreja.

O próximo casamento comunitário acontece em setembro na Festa de São Mateus, na comunidade do Potengi. Os interessados devem procurar a Secretaria Paroquial ou a Pastoral Familiar para mais informações sobre documentação e preparação para receber o sacramento.

Missa reúne crianças e catequistas na Matriz

Por Iago Cavalcanti

Na manhã deste sábado (23) a Pastoral da Catequese da Paróquia de Sant’Ana promoveu a Missa das Crianças, uma celebração que aconteceu às 9h e reuniu catecúmenos, catequistas, crianças e seus familiares na Igreja Matriz. A missa foi celebrada pelo Pe. Darci Lopes de Araújo e fez parte da programação da 24ª Festa de Sant’Ana.

“A Missa das Crianças é um momento muito essencial e especial, pois a criança vai tomando gosto cada vez mais pela Igreja. Nesse tempo de Festa de Sant’Ana, é um tempo muito atraente para elas se sentirem estimuladas e Jesus vai convidando-as para o verdadeiro amor”, afirma o celebrante.

Família Maritânia participa da Missa das Crianças. CRÉDITO: Iago Cavalcanti
Família Maritânia na Missa das Crianças.
CRÉDITO: Iago Cavalcanti

A professora Gislaine Maritânia, que mora no Santarém, veio com a filha e quatro netos participar da celebração. Ela conta que dois deles já estão na catequese e que é muito bom participar desses momentos. “É gratificante porque a gente vê eles crescendo e já vivendo num mundo onde não podemos ficar sem Deus. E um deles, o mais velho, até insistiu para que eu viesse”, declarou a avó. “Pra mim não tem coisa melhor do que estar na casa de Deus com meus filhos”, complementou sua filha Gisliane Maritânia.

Álvaro Miguel, catecúmeno da Matriz de Sant'Ana. CRÉDITO: Iago Cavalcanti
Álvaro Miguel, catecúmeno da Matriz de Sant’Ana.
CRÉDITO: Iago Cavalcanti

O catecúmeno Álvaro Miguel, que tem 10 anos e também é da família Maritânia, diz que é a primeira vez que participa da Missa das Crianças. Ele expõe o que está achando de participar em família desta celebração. “É muito bom vir com minha família. Na catequese aprendi sobre a Igreja, sobre Deus e também sobre Jesus”, destaca.

Para Érika Alanis, catequista da Igreja Matriz há dois anos, ensinar sobre o amor de Deus e seus mandamentos segundo o Evangelho de Cristo é muito gratificante. “Ser catequista é uma missão divina, um dom que a gente sente de evangelizar e eu sou muito feliz por isso. É muito bonito quando as crianças sentem Deus mais presente na missa e quando eles se sentem bem com a presença Dele em suas vidas, isso é muito legal”, ressalta a jovem.

Catequista Érika Alanis reza Pai-Nosso com crianças da sua turma da catequese. CRÉDITO: Iago Cavalcanti
Catequista Érika Alanis reza Pai-Nosso com crianças da sua turma da catequese.
CRÉDITO: Iago Cavalcanti

Na benção final, o Padre Darci abençoou a assembleia e encorajou as crianças para permanecerem firmes na fé. “Criança feliz é criança que brinca, criança que canta e criança que reza”. A próxima Missa das Crianças será no dia 27 de agosto, dia do catequista, às 9h da manhã, na Matriz de Sant’Ana. Neste dia haverá celebração do rito da cruz entre os fiéis durante a realização da liturgia.